quarta-feira, 19 de março de 2008

Feira MERCARTE no Funchal, Madeira


E já que falei na FEIRA MERCARTE no post anterior , mostro aqui imagens de um desses dias de Feira. Neste dia tinha pouca produção de lenços pintados pois andava com muito trabalho na Escola.

A Feira MERCARTE acontece mensalmente, das 9horas ás 18h e 30, nos primeiros sábados de cada mês, no Funchal, na Praça da Restauração ou , como é "comumente" conhecida, na Praça da Lagartixa.


Para fazer parte deste grupo de artesãos que aos sábados participa nesta feira tive que me tornar Sócia Mercarte ,após o pagamento de uma jóia. A outa condição para participar é chegar bem cedo, após a confirmação antecipada(por telefone) da presença nesse sábado, para conseguir uma tenda vaga, ou pelos menos a partilhar com outro amiga(o) artesã(ão).

Nos últimos meses de Feira em que participei ,os artesãos inscritos eram já tantos que se corria o risco de não ter um tenda para montar a "tralha" e muitas vezes já nem haver tenda a partilhar. Ao sol constante do Funchal, ou ás súbitas chuvas tropicais de Verão é que não se pode estar! Muitos artesãos retardatários e novos pelas andanças na Lagartixa e no Mercarte acabavam por ir embora, insatisfeitos e reclamando, ficando os habittués madrugadores. Ou então optavam por resistir ao sol , montando a tralha sem a cobertura. Eu cheguei a apresentar-me no espaço, munida da minha tralha, ás 7h e meia da madruga, ainda os responsáveis (das sacas com o material de montar as tendas) mal tinham acabado de chegar.



Uma outra das condições de participação no MERCARTE é ajudar a montar e desmontar (e deixar o espaço limpo) as leves tendas brancas. Organiza-se expontâneamente um trabalho em equipa: este pega no ferro 1, aquele pega no ferro 2, os outros juntam o 4 e o 5 (...) no fim esticam o toldo, outros pegam na tenda montada e fixam no chão ao lados das outras. Em série, crescem casinhas brancas. É giro! E depois das tendas montadas é encher as casinhas com muitas coisas bonitas coloridas e bonitas. Há sempre público a ver e turistas a passear logo cedo de manhã, ou não se tratasse de uma ilha turística e muito cosmopolita!


A Praça da Lagartixa não é muito grande, de facto. Com tanta aderência de novos e antigos criadores não era já tempo de se conseguir um outro espaço maior?? Hemm,Luis Filipe, Helena Berenguer e Mara Alexandra??? (Estes nomes são os organizadores do evento.) No entanto, compreende-se bem que a Praça da Lagartixa é um espaço ideal e privelegiado, porque é central, abrigado de ventos directos do mar e muito movimentado em trânsito pedonal, pois fica mesmo ao lado de muitas esplanadas de cafés, como é natural haver na Madeira. Será muito difícil encontar outro com tantas qualidades assim.

Como estará esse pessoal do MERCARTE ?? Tenho saudades! Apesar de cansativo, são sempre sábados bem passados, mesmo que se venda pouco ou nada. Entram-nos coisas bonitas pelos olhos adentro e confraternizamos com novas gentes, linguas e culturas, para além de estar com alguns dos artesãos que só se veem nesse dia.

1 comentário:

Joaninha disse...

Olá Borboleta, poderias informar onde me dirigir para pagar a tal joia mercarte? estou interessada em participar!